domingo, 4 de abril de 2010

É o silêncio que acaba por dilacerar a alma ávida por ruídos. E o corpo anseia pela vida que - junto contigo - se deixa esvair entre os dedos...

1 comentários:

Olavo disse...

Neste dia de Páscoa, gostaria de desejar a você muita paz e harmonia.

Que você tenha um reencontro consigo mesmo

e que as portas que Ele já abriu conduzam realmente a um caminho de muita luz,

renovação e libertação.



"Ninguém tem maior amor do que aquele que dá sua vida pelos que ama" (Jo 15, 13)

- disse Jesus.

E Ele assim fez.