segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Fragmentos


E amar não é nada fácil mesmo. Esse mesmo amor que inflama, glorifica, edifica, enebria (inebria...!) e enaltece, também sabe arrasar feito tornado F5: quando olha o que se resta... vê-se um oco nada. Vez ou outra ele é quase bonzinho: deixa aqui ou acolá um cantinho quase intacto pra dizer 'olha lá, um dia alguém morou ali.' Duro mesmo é quando vem, arrasa, desnorteia e... contra todas as regras mundanas, ali permanece. Isso sim, é um milagre! Eu acredito em milagres... rs Loucura boa é pouco! Não tente me entender... às vezes, nem eu consigo essa proeza! Mas eu amo, e amo muuuuuuuuuito. Coisinha adolescente, às vezes, mas juro que a porção racional é enorme, mesmo assim. Nem todo mundo consegue digerir; muitos não creem, outro tanto não compreende a dimensão. Duro mesmo é quando o outro não enxerga o que é pra lá de real, mesmo que pareça uma sopa de letrinhas. E quem disse que amor não pode ser literato??? E quem disse que amor tem regras? O dia que escreverem um manual de instruções sobre o assunto me avisem. Vou correndo comprar! Mas aviso de antemão: eu não tenho conserto!!! Nunca escondi que era uma aberração da natureza...
Palavras desta que vos fala numa discussão acirrada sobre amor no dia 15 deste mês. Apeteceu-me postar aqui outra pérola da sabedoria georgística.

É, um dia escrevo um livro.

Ósculos e amplexos... e 'vamo-que-vamo'! Ah, se vamos!!!

P.S. Ich bin da, wenn du willst schau dich um dann siehst du mich ganz egal wo du bist wenn du nach mir greifst dann halt ich dich.

A heart is a fragile thing, that's why we protect them so vigorously, give them away so rarely, and why it means so much when we do. Some hearts are more fragile then others, purer somehow. Like crystal in a world of glass. Even the way they shatter is beautiful.
Everwood

3 comentários:

Crystal disse...

You're alive !!! que delicia Geeeeee... Saudade de te escrever em Tibetano e vc passar um tempo para descobrir que era um beijo na ponta do nariz ...ehehehe
Saudade de vc também ....
Beijo

Georgia disse...

rs... e tu continuas uma figura!!! Tagalo em scrap... muito criativo!
bjk

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Georgia! Qual dos dois preferes, o que vem como o tornado ou que vem manso? Belo texto minha amiga. realmente o amor não tem normas, regras nem preceitos.

Faço votos que tenhas um Feliz Natal e que 2010 seja repleto de realizações.

Beijos,

Furtado.